TCM-PA lança o Sistema de Certidão Eletrônica

Versão para impressão

Em cerimônia dirigida pelo conselheiro-presidente Daniel Lavareda, o Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Pará (TCM-PA) lançou, nesta quarta-feira, dia 7 de março, o Sistema de Certidão Eletrônica, um importante avanço que facilita a vida dos jurisdicionados da Corte de Contas na hora de solicitar certidões.

O presidente Daniel Lavareda disse que cada vez mais o Tribunal de Contas está indo ao encontro dos anseios da sociedade. Ele citou o lançamento da certidão eletrônica como exemplo. “Agora nossos jurisdicionados não precisam mais vir duas vezes ao tribunal, uma para requerer e outra para receber a certidão. Basta entrar no site do Tribunal e fazer a solicitação de forma eletrônica, que o interessado receberá o documento por e-mail, com comodidade e maior rapidez”, destacou.

ECONOMIA E RAPIDEZ

O secretário geral do TCM-PA, Jorge Cajango, fez uma explanação sobre o Sistema Certidão Eletrônica. Esclareceu que, além da comodidade, economia com transporte e hospedagem e rapidez que o sistema oferece aos jurisdicionados, também representa economia de custos, com papel e toner, para o tribunal, sem falar na mão de obra especializada, uma vez que o sistema é todo automatizado.

O diretor de Tecnologia da Informação, Diógenes Carneiro, deu esclarecimentos sobre detalhes técnicos acerca do Sistema de Certidão Eletrônica, desenvolvido pelos técnicos da DTI. O técnico da DTI, Ezaul Moreira, mostrou aos presentes, em um computador na Sala dos Municípios, o passo a passo para solicitação da certidão eletrônica.

O prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, a exemplo de outras pessoas presentes à cerimônia de lançamento do Sistema de Certidão Eletrônica, parabenizou o TCM-PA por “mais um serviço de excelência em favor dos jurisdicionados”.

Além do presidente Daniel Lavareda e da vice-presidente Mara Lúcia, o evento foi prestigiado pelos conselheiros Aloísio Chaves (ouvidor), Antônio José Guimarães e Sérgio Leão, pelos conselheiros substitutos Alexandre Cunha, Adriana Oliveira, Márcia Costa e Sérgio Dantas, pela procuradora-Geral do Ministério Público de Contas dos Municípios do Pará (MPCM-PA), Maria Regina Cunha, diretores e servidores.