TCM-PA indica auditoria para apurar fraudes em institutos municipais de previdências

Versão para impressão

Durante a sessão plenária da última terça-feira (13) do Tribunal de Contas dos Municípios do Pará (TCM-PA), em Belém, o conselheiro Cezar Colares solicitou a realização de auditoria nos institutos municipais de previdência de todo estado a fim de apurar e evitar possíveis fraudes nestes órgãos. Na solicitação, Colares pediu prioridade nos institutos dos municípios do Pará investigados pela polícia que sofreram golpes aplicados por Elton Feliz Gobi Lira, preso pela Polícia Civil do Distrito Federal, em Brasília, esta semana, após monitoramento das polícias do Amapá, Pará e Distrito Federal.

“A prioridade das auditorias são os institutos cujo golpe foi constatado. Em seguida, a fiscalização deverá ser estendida a todos os municípios do Pará. Desta forma, vamos apurar irregularidades, identificar outras possíveis fraudes e evitar prejuízo à população e, em especial, àquelas pessoas que num futuro próximo forem se aposentar”, comentou o conselheiro do TCM-PA, Cezar Colares, sobre a solicitação que evitará inclusive a falência dos institutos de previdência das cidades paraenses.

Cezar Colares explicou que a denúncia do golpe aplicado por Elton Lira também foi recebida pelo TCM-PA através da Ouvidoria, assim como por outros órgãos também, o que desencadeou as investigações para a prisão do acusado.

O golpe era aplicado por Elton tanto em fundos previdênciários, quanto em pessoas físicas, e ultrapassam a ordem de R$20 milhões.